Sites Grátis no Comunidades.net



Eletroportateis
CUPOM - 12% FVCZSXKDNV

Livros
20% em Livros CUPOM AE9F-6D67-E41F-14DA

 

 

Cupom com R$ 50,00 de desconto em desktops
KMBGTLAGWV

 

Webmaster,

Rentabilize o seu site com a Netaffiliation

 

 

Revista Contigo

 

Tênis Nike Air Dictate 2 MSL W
Por R$ 169,90
Multifuncional HP Deskjet Ink Advantage 3516, Wi-Fi, Imprime, Digitaliza e Copia - Jato de Tinta Térmica e-All-in-One
Por R$ 290,03



Total de visitas: 2043450
Flaxin
Flaxin

FLAXIN

Cada comprimido contém 5 mg de finasterida como composto ativo.Os ingredientes inativos são: lactose, amido, óxido férrico amarelo, docusato sódico, celulose e estearato de magnésio.  

Posologia e Administração - FLAXIN

a posologia recomendada é de 1 comprimido de 5 mg diariamente, com ou sem alimentos. Embora possa ser observada melhora precoce, uma tentativa terapêutica de pelo menos 6 meses pode ser necessária para se estabelecer se uma resposta benéfica foi ou não atingida. Posologia na insuficiência renal: não é necessário ajuste posológico em pacientes com graus variados de insuficiência renal (depuração de creatinina de até 9 ml/min), pois os estudos de farmacocinética não indicaram qualquer alteração da biodisponibilidade da finasterida. Posologia em idosos: não é necessário ajuste posológico, embora estudos de farmacocinética tenham demonstrado que a eliminação da finasterida é algo diminuída em pacientes com mais de 70 anos de idade. - Superdosagem: alguns pacientes receberam doses únicas de finasterida de até 400 mg e doses múltiplas de até 80 mg/dia durante três meses, sem efeitos adversos. Não há recomendação de qualquer terapia específica na superdosagem de Flaxin.  

Precauções - FLAXIN

geral: uma vez que a resposta benéfica de Flaxin pode não se manifestar imediatamente, pacientes com grandes volumes residuais de urina e(ou) fluxo urinário drasticamente reduzido deverão ser cuidadosamente monitorizados para uropatia obstrutiva. Câncer da próstata: recomenda-se a realização de um toque retal bem como de outras avaliações para detecção do câncer da próstata, antes do início da terapia com Flaxin e periodicamente durante o tratamento. A concentração de PSA no soro tem sido cada vez mais utilizada para a detecção do câncer da próstata. Em geral um valor de PSA>10 ng/ml (Hybritech) indica avaliações posteriores e eventual biópsia. Para níveis de PSA entre 4 e 10 ng/ml, aconselham-se maiores avaliações. O médico deve ter consciência de que um valor basal de PSA<4 ng="" ml="" n="" o="" exclui="" span="" class="postTip word_cnt_636155_16">câncer da próstata. A finasterida provoca redução nas concentrações séricas de PSA, mesmo na presença de câncer da próstata. A redução dos níveis de PSA em paciente com HPB tratados com Flaxin deve ser considerada quando se avaliar dados de PSA e não exclui a possibilidade de ocorrência concomitante de câncer da próstata. Qualquer aumento sustentado nos níveis de PSA em pacientes tratados com finasterida deve ser cuidadosamente avaliado, inclusive considerando-se a não-aderência ao tratamento com Flaxin. Não foi ainda demonstrado benefício clínico em pacientes com câncer de próstata tratados com finasterida. Em estudos clínicos controlados realizados em pacientes com HPB, a finasterida não parece alterar a taxa de detecção de câncer de próstata. - Interações medicamentosas e testes de laboratório: a concentração sérica de PSA está correlacionada à idade do paciente e ao volume da próstata, e o volume da próstata está correlacionado com a idade do paciente. Quando se avaliam as determinações laboratoriais de PSA, deve-se considerar que os níveis de PSA em geral decrescem em pacientes tratados com Flaxin. Na maioria dos pacientes observa-se rápida redução nos níveis de PSA nos primeiros meses de terapia quando esses níveis se estabilizam para um novo valor basal. Os valores basais pós-tratamento são próximos da metade dos valores anteriores ao tratamento. Esse decréscimo é previsível ao longo de toda a faixa de valores de PSA, embora possa variar de indivíduo para indivíduo. Contudo, em pacientes típicos tratados com Flaxin por seis meses ou mais, os valores de PSA devem ser dobrados para efeito de comparação com as faixas normais em homens não tratados. Há sobreposição considerável nos níveis de PSA entre homens com e sem câncer de próstata. Contudo, em homens com HPB, os valores de PSA, dentro da faixa normal de referência não excluem a ocorrência de câncerde próstata, independentemente de tratamento com a finasterida. - GravidezFlaxin é contra-indicado em mulheres grávidas ou que possam engravidar. Devido à capacidade de os inibidores da 5-alfa-redutase, como a finasterida, de inibir a conversão de testosterona em diidrotestosterona, essas drogas podem causar anormalidades na genitália externa de fetos do sexo masculino quando administradas a uma mulher grávida. Exposição à finasterida: risco para o feto do sexo masculino: comprimidos de Flaxin, esfarelados ou quebrados, não devem ser manuseados por mulheres grávidas ou que possam engravidar, devido à possibilidade de absorção da finasterida e do risco potencial subseqüente para o feto do sexo masculino. Da mesma forma, pequenas quantidades de finasterida foram recuperadas do sêmen de indivíduos recebendo 5 mg/dia de finasterida. A quantidade de finasterida encontrada no ejaculado foi menor do que 1/50 da dose de finasterida (5 mcg) que não apresentou efeito nos níveis de DHT circulante em homens adultos. Não se sabe se um feto do sexo masculino pode ser afetado se sua mãe for exposta ao sêmen de um paciente em tratamento com finasterida. Dessa forma, quando a parceira sexual de um paciente em tratamento com finasterida estiver grávida ou puder engravidar, o paciente deverá evitar exposição de sua parceira ao sêmenou descontinuar Flaxin. - Uso em nutrizesFlaxin é contra-indicado para mulheres. Não se sabe se a finasterida é secretada no leite materno. - Uso pediátrico: Flaxin não é indicado para crianças. Ainda não foram estabelecidas a eficácia e a segurança em crianças. - Interações medicamentosas: não foram identificadas interações medicamentosas de importância clínica. Finasterida não parece afetar significativamente o sistema metabolizador de drogas ligado ao citocromo P-450. Os compostos testados no homem incluem propranolol, digoxina, gliburida, warfarina, teofilina e antipirina. Outras terapias concomitantes: embora não tenham sido realizados estudos específicos de interação, finasterida foi utilizada em estudos clínicos concomitantemente com inibidores da ECA, alfabloqueadores, betabloqueadores, bloqueadores dos canais de cálcio, nitratos, diuréticos, antagonistas H2, inibidores da HMB-CoA redutase, antiinflamatórios não esteróides, quinolonas e benzodiazepínicos, sem evidência de interações adversas clinicamente significativas.  

Reações adversas - FLAXIN

Flaxin é bem tolerado. Os efeitos adversos relacionados com a função sexual foram os mais freqüentemente relatados. Em estudos os seguintes efeitos adversos foram considerados pelo pesquisador como possível, provável ou definitivamente relacionados à droga: impotência; redução da libido e redução no volume do ejaculado. Não há evidência de aumento de efeitos adversos com o aumento da duração do tratamento com a finasterida. A incidência de efeitos colaterais sexuais relacionados à droga, com o aumento do tempo de tratamento, diminuiu ao longo do tempo e em mais de 60% dos pacientes que apresentaram esses efeitos adversos, o problema foi solucionado com a continuidade da terapia. Os seguintes efeitos colateraisadicionais foram relatados após a comercialização do produto: aumento do volume e da sensibilidade das mamas; reações de hipersensibilidade, incluindo edema labial e erupções cutâneas.  

Contra-Indicações - FLAXIN

Flaxin é contra-indicado para mulheres e crianças. Flaxin é também contra-indicado nos casos de hipersensibilidade a qualquer componente do produto. Gravidez: mulheres grávidas ou que possam engravidar.  

Indicações - FLAXIN

tratamento e controle da hiperplasia prostática benigna (HPB), de forma a provocar a regressão da próstataaumentada e melhorar o fluxo urinário e os sintomas associados a HPB.  

Apresentação - FLAXIN

embalagem contendo 30 comprimidos laqueados.

 

 

 

FLAXIN - Laboratório

 

MERCK 
Estrada dos Bandeirantes, 1099 
Rio de Janeiro/RJ - CEP: 22170-571 
Tel: 55 (021) 445-1661 
Fax: 55 (021) 444-2124 
Site: http://www.merck.com.br/

Ver outros medicamentos do laboratório "MERCK"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico.