Sites Grátis no Comunidades.net



Eletroportateis
CUPOM - 12% FVCZSXKDNV

Livros
20% em Livros CUPOM AE9F-6D67-E41F-14DA

 

 

Cupom com R$ 50,00 de desconto em desktops
KMBGTLAGWV

 

Webmaster,

Rentabilize o seu site com a Netaffiliation

 

 

Revista Contigo

 

Tênis Nike Air Dictate 2 MSL W
Por R$ 169,90
Multifuncional HP Deskjet Ink Advantage 3516, Wi-Fi, Imprime, Digitaliza e Copia - Jato de Tinta Térmica e-All-in-One
Por R$ 290,03



Total de visitas: 2048817
Proflan
Proflan

Laboratório

Eurofarma

 

 

Apresentação de Proflam

Proflam é apres. em emb. c/ 12 ou 24 compr. Cada compr. de Proflam contém aceclofenaco 100 mg.

 

 

Proflam - Indicações

O aceclofenaco está indicado para o tratamento de processos álgicos e inflamatórios tais como: odontalgias, traumatismos, dores musculares (ex: lombares), dores pós-cirúrgicas (pós-episiotomia, após extração dentária), periartrite escapuloumeral, reumatismos extra-articulares. Também é eficaz no tratamento crônico de processos inflamatórios como artrite reumatóide, osteoartrite e espondilite anquilosante.

 

 

Contra-indicações de Proflam

O aceclofenaco é contra-indicado para pacientes hipersensensíveis ao fármaco ou a qualquer dos ingredientes inativos da fórmula. O aceclofenaco não deve ser administrado para pacientes hipersensíveis ao diclofenaco. Relata-se a ocorrência de reações anafiláticas graves, e algumas vezes fatais, em pacientes em tratamento com agentes antiinflamatórios não-esteroidais. Como com qualquer outra droga antiinflamatória não-esteroidal, o aceclofenaco é contra-indicado para aqueles que sofrem de broncoespasmo, urticária ou rinite aguda devido ao a ácido acetilsalicílico ou a outros agentes antiinflamatórios não-esteroidais, já que existe o risco de reações alérgicas graves. Proflam não deve ser usado em pacientes com úlcera péptica em fase ativa. Este produto é contra-indicado durante a gravidez e a lactação.

 

 

Reações adversas / Efeitos colaterais de Proflam

A maioria dos efeitos adversos observados são de intensidade leve e reversíveis. As seguintes reações adversas foram relatadas durate os estudos clínicos anteriores a comercialização, compreendendo cerca de 3.000 indivíduos : Gastrintestinais : dispepsia (7,5%), dor abdominal (6,2%), náusea e diarréia (1,5%), flatulência (0,8%), gastrite (0,6%), constipação (0,5%), vômitos (0,5%), estomatite ulcerosa (0,1%) e pancreatite, melena e estomatite (< 0,1%). Sistema Nervoso Central e Periférico : tonturas (1%), vertigem (0,3%) e parestesia e tremores (<0,1%) psiqui="" trico="" :="" depress="" o="" altera="" es="" do="" sono="" sonol="" ncia="" e="" ins="" nia="" 0="" 1="" dermatol="" gicas="" prurido="" 9="" erup="" cut="" nea="" 5="" dermatite="" 2="" eczema="" rubor="" p="" rpura="" metab="" licas="" nutricionais="" hipercalemia="" cardiovasculares="" edema="" palpita="" c="" ibras="" nas="" pernas="" respirat="" rias="" dispn="" ia="" chiados="" sang="" neas="" anemia="" granulocitopenia="" trombocitopenia="" org="" nicos="" gerais="" cefal="" fadiga="" facial="" acessos="" de="" calor="" rea="" al="" rgicas="" ganho="" peso="" sentidos="" anomalias="" visuais="" paladar="" dos="" testes="" laboratoriais="" enzimas="" hep="" ticas="" aumentadas="" ur="" s="" rica="" aumentada="" 4="" creatinina="" 3="" fosfatase="" alcalina=""> 

 

Proflam - Posologia

A dose usual é de 100 mg a cada 12 horas. O regime posológico deve ser individualizado, de acordo com a indicação e outras variáveis clínicas. Pacientes geriátricos Dados farmacocinéticos limitados, assim como a experiência clínica, sugerem que a dose para idosos deva ser a mesma que a usual para adultos. Entretanto, como com qualquer outro antiinflamatório não-esteroidal, o tratamento requer cuidados, já que os pacientes geriátricos, em geral, são mais susceptíveis às reações adversas destas substâncias. Insuficiência renal Não há evidências de que a dose de aceclofenaco deva ser modificada em pacientes com insuficiência renal leve (vide ADVERTÊNCIA E PRECAUÇÕES - Efeitos renais). Não há dados suficientes que suportem o uso deProflam (aceclofenaco) em pacientes com insuficiência renal grave. Insuficiência hepática Pacientes com insuficiência hepática leve devem receber uma dose inicial única diária de 100 mg. A segurança do uso de drogas antiinflamatórias não-esteroidais em pacientes com insuficiência hepática de intensidade leve a moderada não foi estudada.

 

 

Proflam - Informações

O aceclofenaco é uma droga antiinflamatória não-esteroidal do tipo ácido fenilacético que é estruturalmente relacionada ao diclofenaco. O aceclofenaco possui efeitos analgésico, antiinflamatório e antipirético potentes. Seu mecanismo de ação está baseado, em grande parte, em sua ação inibitória da enzima cicloxigenase, que está envolvida na produção de prostaglandinas, os principais agentes dos processo inflamatórios.