Sites Grátis no Comunidades.net



Eletroportateis
CUPOM - 12% FVCZSXKDNV

Livros
20% em Livros CUPOM AE9F-6D67-E41F-14DA

 

 

Cupom com R$ 50,00 de desconto em desktops
KMBGTLAGWV

 

Webmaster,

Rentabilize o seu site com a Netaffiliation

 

 

Revista Contigo

 

Tênis Nike Air Dictate 2 MSL W
Por R$ 169,90
Multifuncional HP Deskjet Ink Advantage 3516, Wi-Fi, Imprime, Digitaliza e Copia - Jato de Tinta Térmica e-All-in-One
Por R$ 290,03



Total de visitas: 1879174
Hyalozima
Hyalozima

 Hyalozima®  

Hialuronidase  

FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES - Hyalozima

Pó liófilo injetável:  

 

2.000 UTR - Caixa com 3 ampolas + 3 ampolas de diluente (400 UTR/ml)  
20.000 UTR - Caixa com 3 frasco-ampolas + 3 ampolas de diluente (4.000 UTR/ml)  

USO ADULTO E PEDIÁTRICO  

COMPOSIÇÃO - Hyalozima


Cada ml da solução reconstituída contém:  

 

2.000 UTR  
Hialuronidase  injetável .................... 400 UTR  
Excipientes*  q.s.p. .................... 1 ml  
*Excipientes: Manitol injetável, cloreto de benzalcônio, cloreto de sódio e água para injetáveis.  

20.000 UTR  
Hialuronidase injetável .................... 4000 UTR  
Excipientes*  q.s.p. .................... 1 ml  
*Excipientes: Manitol injetável, cloreto de benzalcônio, cloreto de sódio e água para injetáveis.  

INFORMAÇÕES AO PACIENTE - Hyalozima

Ação esperada do medicamento: HYALOZIMA® contém hialuronidase, uma enzima utilizada para aumentar a velocidade de absorção e diminuir o desconforto subcutâneo ou intramuscular produzido por injeções de medicamentos; promover a reabsorção de líquidos e sangue extravasado e aumenta a eficácia dos anestésicos locais.  

 

Cuidados de armazenamento: Mantenha os frasco-ampolas e ampolas em temperatura ambiente, entre 15 a  
30°C, e seco. A solução reconstituída com o solvente que acompanha o frasco-ampola e ampola, deve ser utilizada logo após a diluição. Mantenha o frasco-ampola com a solução reconstituída na posição vertical até o momento da aplicação.  

Prazo de validade: Observe o prazo de validade impresso na embalagem. O prazo de validade de HYALOZIMA® está impresso na embalagem e é de 18 meses após a data de fabricação. Não utilize HYALOZIMA® com o prazo de validade vencido, devido ao risco de ocorrerem alterações nas propriedades do produto.  

Gravidez e lactação: Informe seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu  
término. Informar igualmente se estiver amamentando.  

Cuidados de administração: Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Recomenda-se realizar testes de sensibilidade antes do início do tratamento com o produto.  

Interrupção do tratamento: Não interrompa o tratamento sem o conhecimento de seu médico.  

Reações Adversas: Informe seu médico o aparecimento de reações desagradáveis.  

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.  

Contra-indicações e precauções: Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início ou durante o tratamento.  
HYALOZIMA® injetada por via sub-cutânea, intradérmica ou intramuscular pode provocar reações alérgicas em 5 ou 6% das pessoas. Tais reações se manifestam com eritema (vermelhidão), eventualmente nódulos e tendem a desaparecer com a interrupção do tratamento. Por via endovenosa (HYALOZIMA® 20.000 UTR) não foram constatadas reações significativas, podendo, contudo aparecer reações anafiláticas caso ocorra tratamento continuado.  

Riscos da auto-medicação:  

NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO; PODE SER PERIGOSO PARA A SUA SAÚDE.  

INFORMAÇÕES TÉCNICAS - Hyalozima

CARACTERÍSTICAS - Hyalozima


HYALOZIMA® é o nome comercial da hialuronidase. Trata-se de uma enzima extraída dos testículos bovinos, apresentada em forma liofilizada, estéril e apirogênica. A Hialuronidase age por despolimerização do ácido hialurônico, um mucopolissacarídeo, componente essencial da substância fundamental do tecido conjuntivo. A hialuronidase é um fator de difusão enzimático.  
A hialuronidase ao despolimerizar o ácido hialurônico, reduz a velocidade e aumenta a permeabilidade dos tecidos. É utilizada para aumentar a velocidade de absorção e diminuir o desconforto subcutâneo ou intramuscular  
produzido por injeções de medicamentos; promove a reabsorção de líquidos e sangue extravasado e aumenta a eficácia dos anestésicos locais.  

INDICAÇÕES - Hyalozima


-Na reabsorção de coleções serosas (exsudatos, transudatos).  
-Na difusão de anestésicos locais e outras a critério médico.  

CONTRA-INDICAÇÕES - Hyalozima

Hipersensibilidade à hialuronidase. HYALOZIMA® não deve ser aplicada em áreas infeccionadas pela possibilidade de difusão do processo infeccioso e nas proximidades de neoplasias.  

 

PRECAUÇÕES E ADVERTÊNCIAS - Hyalozima


HYALOZIMA® injetada por via sub-cutânea, intradérmica ou intramuscular pode provocar reações alérgicas em 5 ou 6% das pessoas. Tais reações se manifestam com eritema (vermelhidão), eventualmente nódulos e tendem a desaparecer com a interrupção do tratamento. Por via endovenosa (HYALOZIMA® 20.000 UTR) não foram constatadas reações significativas, podendo, contudo aparecer reações anafiláticas caso ocorra tratamento continuado.  
É recomendável realizar testes de sensibilidade antes de iniciar o tratamento com o produto.  

 

INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS - Hyalozima

Quando a hialuronidase é adicionada a um agente anestésico local, acelera o início da analgesia e tende a  
reduzir o edema causado por infiltração local, mas o fato de apressar a disseminação da solução anestésica  
local faz aumentar sua absorção; isso reduz a duração do efeito anestésico e tende a aumentar a incidência  
de reação sistêmica.  
A hialuronidase administrada por via intravenosa é inativada pela heparina.  

 

REAÇÕES ADVERSAS - Hyalozima

-     
Ainda não são conhecidas a intensidade e freqüência das reações adversas. 

POSOLOGIA - Hyalozima

 

 

Tratando-se de produto de múltiplas aplicações em várias especialidades com dosagens variadas a exclusivo critério médico, é difícil fixar posologias. Contudo, como módulo indicativo, pode-se propor a dose de 150 UTR para cada 10 ml de anestésico local, deixando-se ampla liberdade de escolha das doses por parte do médico.   A solução deve ser aplicada imediatamente após a preparação.  

CONDUTA NA SUPERDOSAGEM - Hyalozima


Sintomas de superdosagem consistem em edema ou urticária locais, eritemacalafrios e hipotensão. Deve-se suspender a administração da enzima e tomar medidas de suporte imediatas. Deve-se dispor sempre de agentes como a epinefrina, corticosteróides e anti-histamínicos para tratamento imediato.  

PACIENTES IDOSOS - Hyalozima


Devem ser tratados com os mesmos cuidados destinados aos pacientes adultos.  

 

VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA  

Nº do Lote; Data de Fabricação e Validade: vide Cartucho.  

MS - 1.0118.0012  

Farmacêutico Responsável:  
Dr. Eduardo Sérgio Medeiros Magliano  
CRF SP nº 7179  

APSEN FARMACÊUTICA S/A 
Rua La Paz, nº 37/67 - Santo Amaro 
CEP 04755-020 - São Paulo - SP 
CNPJ 62.462.015/0001-29 
Indústria Brasileira

Centro de Atendimento ao Cliente 
0800 16 5678 
Ligação gratuita 
infomed@apsen.com.br <mailto:infomed@apsen.com.br> 
www.apsen.com.br

 

 

 

Hyalozima - Laboratório

 

APSEN 
RUA LA PAZ, 37/67. Santo Amaro. 
São Paulo/SP - CEP: 04755020 
Tel: 0800 165678 
Email: infomed@apsen.com.br 
Site: http://www.apsen.com.br/